Blog

Patela bipartida

por | maio 21, 2020 | Cirurgia do Joelho, Traumatologia Esportiva | 0 Comentários

A patela bipartida é uma alteração congênita, onde existe um defeito na fusão de parte do osso. Normalmente é assintomática, sendo descoberta de forma incidental (ao realizar um exame do joelho por outro motivo) e raramente necessita de tratamento. Ocorre em 2-3% da população, sendo bilateral em 50% dos pacientes afetados e habitualmente acometendo a porção superolateral da patela.

Com frequência, os pacientes descobrem que possuem uma patela bipartida ao procurarem o pronto-socorro por uma lesão no joelho (pancada, torção, etc.). Na radiografia podem ter a impressão de que existe uma fratura da patela, porém o olhar atento do ortopedista saberá tranquilamente diferenciar estas duas condições.

A dor é bastante incomum na patela bipartida; quando presente, normalmente é causada por uso excessivo da articulação (sobrepeso, esporte) ou por um trauma direto no local. Nestes casos, a restrição e adaptação das atividades físicas, medicações analgésicas e eventualmente imobilização do joelho são suficientes para aliviar o quadro da maioria dos pacientes.

O tratamento operatório da patela bipartida raramente é necessário. A cirurgia é proposta nos casos em que existe falha do tratamento conservador por mais de 06 meses, ou ainda por fratura e separação traumática do fragmento ósseo. Nestas situações, pode ser necessária a retirada do fragmento ou a liberação da musculatura inserida, com bons resultados.

 

Dr. Paul André Alain Milcent (CRM/PR 29491 ) – Médico Ortopedista, especializado em Traumatologia Esportiva e Artroscopia Do Joelho.

 

 

Compartilhe esse post:

Dr Paul Milcent

Dr Paul Milcent

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.