Blog

Fatores de Risco para o surgimento da hérnia de disco

por | jul 13, 2020 | Cirurgia da Coluna | 0 Comentários

As dores na região lombar e ciática

As dores na região lombar e ciática afetam 80% das pessoas em algum momento da vida e em torno de 5% das vezes tem como causa a formação de uma hérnia de disco. Este problema atinge mais os homens em especial na 2ª e 4ª décadas de vida. A incidência aumenta com a idade, pois tem uma relação direta com a degeneração ocorrida.

Os sintomas são extremamente variáveis, mudando caso a caso. As formas mais comuns são a dor na região lombar e a dor que segue o trajeto do nervo ciático.

Geralmente quando o Início é agudo há relação com trauma ou algum movimento abrupto que se realizou de forma inadequada, como arrastar algum móvel pesado, fazer força além do normal para carregar algum objeto.

Fatores de Risco para o surgimento da hérnia de disco

1-A degeneração discal (desgaste da estrutura que suporta a coluna). Este fato é muito comum em atividades de trabalho pesado ou repetitivo e com vibração e impacto na coluna vertebral. Além de ser parte da nossa própria evolução de envelhecimento.

2-Aumento de peso, tão comum hoje em dia na sociedade em que vivemos. O aumento do peso leva a uma exigência maior de trabalho dos discos da coluna.

3-Fumo/ Tabagismo faz com que o disco perca nutrientes essenciais para sua saúde e leve a uma degeneração precoce, aumentando o risco do surgimento da hérnia.

As causas são muitas e não podemos apontar um único culpado para o surgimento desta patologia. Fatores genéticos e fatores ambientais agem juntos para que a hérnia discal se desenvolva. O mais importante é prevenirmos aquilo que cabe somente a nós cuidar.

Devemos ficar atentos a não aumentar de peso, fortalecer a coluna mantendo uma atividade regular que seja orientada por um médico ou educador físico experiente, evitar o tabagismo  e posições que causem sobrecarga desnecessária na sua coluna.

 

Dr. Alynson Larocca Kulcheski- CRM 24934. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), Membro da Sociedade Brasileira de Coluna (SBC) e Membro da Sociedade Brasileira de Coluna Minimamente Invasiva (SBC.MISS).

Compartilhe esse post:

Dr. Álynson Larocca Kulcheski

Dr. Álynson Larocca Kulcheski

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.