Blog

Acidente doméstico no isolamento social

por | set 19, 2020 | Notícias | 0 Comentários

Acidente doméstico já é normalmente causa de fraturas e luxações. Mas com o isolamento social e as pessoas desenvolvendo mais atividades em casa, teve número crescente nesse período.

Muitos começaram a cozinhar, fazer exercícios e planejar brincadeiras com as crianças, gerando quedas e acidentes que poderiam ser evitáveis na maioria das vezes.

Alguns acidentes são com utensílios cortantes, gerando lesões nos dedos e mãos, outros por brincadeiras correndo dentro de casa, mas a queda é a principal forma de se machucar dentro de casa.

1 . Ilumine o caminho

O caminho da cama até o banheiro parece curto, mas é onde se concentra grande parte dos acidentes, principalmente em idosos. Muitos não querem ligar a luz para não acordar outras pessoas ou tem receio de perder o sono. Poderia ser facilmente evitado com lanternas comuns ou dos celulares, iluminando esse trajeto. Assim, não tropeçariam em tapetes, calçados ou animais de estimação.

3.Fixe bem banquetas e escadas

Os campeões são quedas de banquetas ou escadinhas e queda do telhado. O desequilíbrio sobre banquetas, por ser pequena ou não estar bem fixa, culmina na queda com traumas no ombro, punho e cabeça na maioria das vezes.

2. Cuidado com o telhado

Queda de lugares mais altos são os mais graves, frequentemente deixando sequelas. Como exemplo mais popular, viu-se o apresentador Augusto Liberato, o Gugu, não resistindo a um traumatismo cranioencefálico. Jamais se deve subir em telhado após um dia de chuva. Idealmente imaginamos que se deve chamar pessoas com experiência para fazer os reparos, mas se isso não for possível, esperar pelo menos três dias após cessar a chuva para que o telhado já esteja seco o suficiente para não deslizar e ser mais uma vítima desse tipo de acidente completamente evitável.

Compartilhe esse post:

Dr. Vagner Messias

Dr. Vagner Messias

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.