Blog

A IMPORTÂNCIA DO AQUECIMENTO ANTES DO EXERCÍCIO

por | maio 25, 2020 | Traumatologia Esportiva | 0 Comentários

Muitas vezes desvalorizado ou esquecido, o aquecimento adequado antes da atividade física é essencial para a realização de uma boa sessão de treinamento com menor risco de lesões. Em alguns casos, o aquecimento é ignorado porque o atleta nunca aprendeu seu valor ou nenhum dos seus colegas de treino costuma realiza-lo – ainda que exista uma abundância de evidências mostrando seus benefícios.

Existe ainda muita confusão sobre como dever ser feito o aquecimento. Muitos acreditam que, se fizerem algum alongamento antes de um treino, já estarão “aquecidos”. Não é verdade. Embora ambos sejam úteis para todos os atletas, aquecimento e alongamento são duas atividades diferentes e oferecem benefícios muito diferentes.

Aquecer é exatamente o que o nome indica: fazer um exercício que ajuda a elevar a temperatura central do seu corpo, preparar os músculos e articulações com melhor oferta de oxigênio e ativar os sistemas cardiovascular e nervoso. De maneira geral, podemos dividir o aquecimento em duas etapas:

1) A primeira etapa é básica: faça uma atividade que eleve a temperatura geral do corpo. Nada complicado – pular corda, andar de bicicleta ergométrica, algum exercício de calistenia O tempo necessário varia por alguns fatores. Se o dia está muito quente, o corpo não precisa de muito para se aquecer. Por outro lado, em clima severamente frio, a atividade de aquecimento pode levar 15 minutos ou mais para que o corpo esteja pronto para o trabalho pesado. Além disso, o próprio corpo pode precisar de mais tempo que o normal para responder em alguns dias – isso pode ser devido a uma noite de descanso ruim ou a um treino muito intenso na sessão anterior.

 

2) Na segunda etapa, você deve realizar exercícios específicos para a sua sessão de treinamento, com baixa carga e intensidade, com o objetivo de ativar seu corpo para o esforço que será realizado. Se for realizar um treino de musculação, faça um circuito com 20 repetições e baixa carga das musculaturas que irá trabalhar. Se for correr, faça alguns exercícios educativos (skipping, dribling, kick out…). Procure trabalhar toda a amplitude do movimento, deixando suas articulações e músculos preparados para a sessão de treino.

 

Seguindo estas dicas, não só você irá reduzir a chance de lesões, mas também irá melhorar significativamente seu desempenho na atividade física. Experimente!

 

Dr. Paul André Alain Milcent (CRM/PR 29491 ) – Médico Ortopedista, especializado em Traumatologia Esportiva e Artroscopia Do Joelho.

Compartilhe esse post:

Dr Paul Milcent

Dr Paul Milcent

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.